DECLARAÇÃO DE FÉ

DECLARAÇÃO DE FÉ DA IGREJA EVANGÉLICA NA OBRA DA RESTAURAÇÃO EM SÃO BERNARDO DO CAMPO

CAPÍTULO I

DAS DOUTRINAS

Doutrinas são os princípios de fé e prática pelas quais nós, a Igreja Evangélica na Obra da Restauração em São Bernardo do Campo nos orientamos  nas  Escrituras (Bíblia Sagrada), única regra de fé e prática.

A Igreja Evangélica na Obra da Restauração em São Bernardo do Campo declara a sua fé baseada nos itens que se segue:

01 = Acerca das Escrituras Sagradas: Cremos que as Escrituras Sagradas foram  escritas por homens divinamente inspirados e que são um rico tesouro de instrução celestial ( II Tim. 3:16,17; II Ped. 1:21; II Sam. 23:2), que tem Deus como seu verdadeiro autor e a salvação dos homens como fim ( II Tim. 3:15; I Ped. 1:10-12; João 5:37-40).

02 = Cremos na Tri-unidade Divina: “Pai, Filho e Espírito Santo” que harmoniosamente ocupam uma TRI-UNIDADE. (IJoão 5:6 a 12)

03 = Cremos que há um, e somente um, Deus vivo e verdadeiro, um Espírito infinito e inteligente, cujo nome é Jeová, o Criador e Governador supremo do céu e da Terra. ( João 4:24; Sal 147:5; 83:18)

04 = Cremos em Jesus Cristo o único Filho de Deus, como salvador pessoal de todos os homens. (João 3:16)

05 = Cremos que a justificação (salvação) efetua-se somente através da fé em Jesus Cristo. ( Ef. 2:8)

06 = Cremos que a santificação é um processo gradativo após a salvação, operado pelo Espírito Santo. (II Ped. 3:18)

07 = Cremos no Batismo com o Espírito Santo como um dom de Deus, posterior à Salvação. (Atos 19:2-6)

08 = Cremos no Batismo bíblico ( imersão), sempre que possível em águas fluviais  batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. ( Mat. 28:19)

09 = Cremos na Santa Ceia do Senhor como memorial segundo relato de Luc. 2:19,20; I Cor. 11:24-26. Sendo os elementos: o pão asmo e o fruto da vide.

10 = Cremos nos dons espirituais segundo relato do Novo  Testamento (ICor. 12 -13 – 14)

11 = Cremos nas seguintes ordenanças: A Santa Ceia ( Luc. 22:19,20; I Cor. 11:23-30), e o Batismo ( Mat. 28:19).

12 = Cremos que o Lava-Pés é uma prática para o povo de Deus. ( João 13:4-17)

13 = Cremos na saudação com Ósculo Santo, segundo o que preceitua: (Rom. 16:16 – Icor. 16:20)

14 = Cremos no uso do véu sobre a cabeça das mulheres, segundo declaração em (I Cor. 11:2-16)

15 = Cremos que como plano de Deus para sustento de sua Obra entre os homens na Terra, devem ser estabelecidos os Dízimos, Ofertas alçadas, Ofertas Voluntárias, Coletas, Beneficência e Doações. (IICor 9:7)

16 = Cremos na segunda vinda iminente de Nosso Senhor Jesus Cristo, para arrebatamento de Sua igreja. (Atos 1:11)

17 = Cremos que o homem foi criado em santidade, debaixo da Lei do seu Criador ( Gen. 1:27,31; Ecl. 7:29), mas por transgressão voluntária caiu daquele estado santo e feliz ( Rom. 5:12,14,15), em conseqüência de que todos os homens são pecadores ( Rom. 5:19; João 3:6)

18 = Cremos que a salvação de pecadores é inteiramente de graça ( Rom. 3:24; Atos 15:11), por meio da obra meritória do Filho  de Deus ( João 3:16) e quem crer em Jesus Cristo é eternamente salvo. (João 3:15 e 16)

19 = Cremos que os pecadores precisam ser regenerados, ou nascidos de novo, para poderem ser salvos ( João3:3;  I Cor. 2:4)

20 = Cremos que o arrependimento a fé são deveres sagrados e que a graça é inseparável, operado em nossa alma pelo Espírito de Deus ( Mat. 1:15; Ef. 2:8; I João 5:1)

21 =  Cremos que uma Igreja visível de Cristo, é uma organização de crentes batizados ( I Cor. 1:12,13), associados uns aos outros, sob um pacto, na fé e na comunhão do evangelho ( Atos 2:41,47), governados pelas leis ( Mat. 28:20), e exercendo os dons, direitos e privilégios concedidos a eles pela vontade de Cristo ( Ef. 4:7;  I Cor. 14:12)

22 = Cremos que o governo civil é uma instituição divina, estabelecida por Deus, para promover os interesses e bem-estar da sociedade humana ( Rom 13:1-3), que é nosso dever orar pelos magistrados, os quais devem ser conscienciosamente honrados e obedecidos ( Mat. 22:21), exceto nas coisas contrárias à vontade de Nosso Senhor Jesus Cristo ( Atos 5:29), que é o único Senhor da consciência e o Príncipe dos reis da terra ( Mat. 23:10; Rom. 14:4).

CAPÍTULO II

DAS TRADIÇÕES

23 = Tradição é a prática de um costume, que tem por fim a disciplina e edificação do corpo, ou seja, do homem exterior ( Col. 2:16:23)

24 = A Igreja Evangélica na Obra da Restauração em São Bernardo do Campo  adota como tradição as regras e padrões estabelecidos pelas Santas Escrituras. (II Tess. 2:15)

25 = Dedicar-se exclusivamente as atividades espirituais do Dia do Senhor ( 1º Dia da Semana), evitando práticas contrárias ao louvor e à adoração, tendo também todos os dias como dia de adoração á Deus. (Mt. 28:20)

26 = Manter bom testemunho em todas as atividades da vida secular e espiritual.(I Tess. 5: 1 a 11)

27 = Zelar pelo padrão do bom porte da mulher cristã no sentido de ataviar-se com pudor e decência, mantendo a sua vestimenta conforme os ditames da Bíblia, em casa, no trabalho, na rua e na casa de oração. (I Tim. 2:9)

28 = Evitar qualquer atividade ou divertimento que não convenha ao bom testemunho cristão. (Mat. 5: 13)

29 = É ensinamento bíblico que as mulheres tenham cabelos crescidos, bem como é vergonhoso ao homem tê-lo crescido, objetivando não transmudar na aparência o perfil da criação entre homem e mulher. (I Cor. 11:15)

30 = Temos consciência de que a Igreja de Jesus Cristo na Terra, se constituí da soma de todos aqueles que foram remidos pelo sangue do cordeiro, confessando seus pecados, conforme Rom. 10:9, e crendo na Obra redentora realizada e consumada na Cruz do Calvário pelo Messias prometido, Jesus de Nazaré, Único Senhor e Redentor de nossas Almas. (Hebreus 12: 23)

CAPÍTULO III

DO EXERCÍCIO PRÁTICO

31 = Uso do véu – Deve ser exercido na prática em toda e qualquer ocasião em que a mulher exercer o ato de culto divino.  O véu deve ser utilizado conforme a prática de todas as nossas Igrejas. (ICor. 11:6)

32 = Ósculo Santo – Sua prática deve ser exercida em todas as ocasiões e em todos os lugares onde quer que se encontrem dois irmãos praticantes da mesma doutrina.  Se outro cristão desejar praticar o Ósculo Santo, não deve ser rejeitado.(Romanos 16:16)

33 = Lava-pés – Sua prática efetiva deve ser exercida independentemente de pessoas, deverá ser praticado por todos os membros da Igreja ou cristãos que aceitem a prática do Lava-pés. (João 13: 1 a 20)

34 = Santa Ceia – Seus elementos são: Pães asmos e vinho. (Mateus 26:17 a 30)

35 = Porte da Mulher Cristã – O conceito de pudor e decência é sem extremos ou exageros. (ITimoteo 2:9 a 15)

36 = Salvação eterna – Conceituamos ser a mesma perpetuada na plenitude do Calvário, uma vez comprovada a experiência do novo nascimento. (sendo imperdível) (João 3: 15 e 16)

37 = Batismo com o Espírito Santo – Efetiva-se após a experiência da salvação. (Atos 2 )

38 = Dons Espirituais – São irrevogáveis, devendo ser acompanhados pelos frutos do Espírito. (Gálatas 5: 16 a 26)

39 = O Divórcio é aceito por esse ministério somente em caso de adultério ou em análise do Conselho Eclesiástico. (Mateus 19:1 a 12)

40 = Governo da Igreja – Deve ser Teocrático, com o Conselho Eclesiástico e sua representatividade entre o rebanho através do Anjo da Igreja ( Pastor ) (Romanos 12:8)

41 = Conselho Eclesiástico – Sua composição: Pastores, Evangelistas, Diáconos. Diaconisas, Missionários, Missionárias e cooperadores.

42 = Conselho Administrativo da Igreja – é o órgão administrativo do corpo jurídico, composto por: Presidência, 1º Vice-Presidente, 2º Vice-Presidente, 1º Secretario, 2º Secretário, 1º Tesoureiro, 2º Tesoureiro e Diretor de Patrimônio.

43  = Exercício da Prática devocional – Leitura da Bíblia, oração, jejum, freqüência nos cultos da Igreja, comunhão com Deus e com irmãos, evangelização e prática da beneficência.

Pastor Presidente Paulo Roberto da Silva

Tel – 011- 34472110

Cel – 011- 981975052

email- prpaulsilva@hotmail.com

site www.igrejasbc.com.br

Deixe um comentário

You must be logged in to post a comment.